Rota do Românico bate recordes

Juntando um valioso património arquitectónico de origem românica, que se estende por uma área compreendida pelos vales do Sousa, Douro e Tâmega, a Rota do Românico recebeu, em 2017, um número recorde de visitantes.

Ancorada num conjunto de 58 monumentos, aninhados no coração da região Norte de Portugal, a Rota do Românico alcançou, em 2017, um número recorde de visitas de grupos organizados desde a sua apresentação pública, em 2008.

Nos 204 grupos registados, que traduzem um aumento de 20% face ao verificado em 2016, participaram cerca de 9.000 visitantes, provenientes sobretudo (80%) do nosso país.

De acordo com uma nota enviada à imprensa, os valores apontados correspondem apenas aos visitantes/turistas registados pelos serviços da Rota do Românico, não contemplando as visitas escolares nem sequer aqueles que, de forma autónoma, visitaram os 58 monumentos deste projecto turístico-cultural.