Rota do Românico forma agentes em turismo inclusivo

A Rota do Românico promove, no próximo dia 25, no (futuro) Centro de Interpretação do Românico, em Lousada, uma acção de formação dedicada ao tema “Turismo inclusivo – Acolher e acompanhar visitantes com necessidades específicas”.

Esta acção, que se enquadra no projecto de “Capacitação e Valorização Turística da Rota do Românico”, cofinanciado pelo Turismo de Portugal, através do Programa Valorizar – Linha de Apoio à Valorização Turística do Interior, e vem na sequência de uma outra realizada esta segunda-feira, conta com mais de 70 inscritos, oriundos de diversas instituições e empresas do território da Rota do Românico, mas também da região Norte, como a Direcção Regional de Cultura do Norte, a Entidade Regional do Turismo do Porto e Norte de Portugal, o Mosteiro de Tibães (Braga), o Paço dos Duques (Guimarães) e o Museu de Lamego.

As preocupações com a melhoria das condições de mobilidade e acesso (físico, social e intelectual) têm acompanhado a Rota do Românico desde a sua apresentação pública, em 2008, ano em que se iniciou o seu Plano de Promoção da Acessibilidade, sob o mote “Património para Todos”.

Este plano tem vindo a promover a eliminação ou redução das barreiras físicas e arquitectónicas dos imóveis que integram a Rota do Românico, bem como a edição de materiais de comunicação acessíveis e a realização de diversas acções de formação e sensibilização temáticas.