Rota Vicentina em fase de expansão

A Rota Vicentina prepara uma nova fase de expansão. Turismo cultural, trilhos de BTT e turismo acessível são alguns dos projectos que esta associação tem previstos para os próximos dois anos.

Este processo de expansão está integrado num investimento estratégico ao abrigo do Programa Portugal 2020, financiado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER).

Em complemento aos trilhos pedestres e a actividades de natureza mais desportivas e de contacto com a natureza, serão associados à actual oferta da Rota Vicentina produtos turísticos de índole cultural e também artística que valorizem o medronho, a cortiça, a pesca, entre outros aspectos identitários do Sudoeste de Portugal, bem como será desenvolvida uma estratégia de promoção da utilização dos trilhos por turistas com necessidades especiais, com vista abranger o turismo acessível.

No que diz respeito à prática de BTT, está previsto o lançamento de um traçado de 1.200 quilómetros no concelho de Odemira, o que resultará numa rede integrada de percursos pedestres e cicláveis na região. Também os trilhos pedestres serão alvo de um forte investimento, sendo que dos 450 existentes, a Rota Vicentina crescerá para 750 quilómetros, em grande medida assente na criação de pequenos percursos circulares.

Paralelamente ao desenvolvimento destes novos produtos, será ainda lançada uma campanha de promoção internacional da região e do seu património natural e cultural através da dinamização de workshops e apresentações em eventos internacionais, e da produção e disseminação de diversos materiais promocionais, com especial destaque para um novo vídeo e uma aplicação mobile.

A Rota Vicentina é uma rede de percursos pedestres ao longo da costa Sudoeste de Portugal que soma hoje cerca de 450 quilómetros sinalizados para caminhar entre Santiago do Cacém e o Cabo de S. Vicente.

Inaugurada em 2012, esta grande rota foi desenvolvida numa parceria entre entidades públicas e empresários locais, que defendem o Turismo de Natureza como via de desenvolvimento incontornável desta região.