Royal Air Maroc já opera entre Casablanca e o Porto

O voo inaugural Porto-Casablanca, operado pela Royal Air Maroc (RAM) aconteceu este domingo. Pelas 17h45 levantou voo do aeroporto Francisco Sá Carneiro o Boeing 737 em direcção ao aeroporto Mohammed V. Antes do embarque houve lugar a uma cerimónia comemorativa da inauguração da nova rota, que contou com a presença do director do Aeroporto do Porto, Fernando Vieira, e do director-geral da RAM em Portugal, Adil Mohammed Korchi.

A tripulação e os primeiros passageiros foram saudados com um brinde de boas-vindas, assim como a própria aeronave que recebeu o baptismo do tradicional water salute com as cores da bandeira marroquina, vermelho e verde.

Porto e Casablanca estão ligadas por 3 voos semanais, às segundas, quintas e domingos, com saída do Porto às 17h45 e chegada a Casablanca às 18h20.

Os voos são operados em Boeing 737-700 ou 737-800 com capacidade para 12 lugares em classe Executiva e 102 e 147, respectivamente, em classe económica.

A nova rota surge no ano em que a RAM comemora 60 anos de vida e contribui para a filosofia desta companhia aérea, que pretende fazer uma ligação intercontinental, aproximando principalmente as cidades africanas das cidades europeias, a partir do hub de Casablanca, do qual é possível escolher entre mais de 90 destinos à volta do mundo.

Ao usar da palavra, Adil Korchi felicitou a reabertura deste voo regular, realçando que esta decisão é o resultado de uma estratégia de diversificação da RAM levada a cabo nos últimos dois anos por uma companhia, considerada a melhor transportadora aérea regional africana por quatro anos consecutivos, e presente em Portugal desde 1975.