RTA adere ao programa “Atlantic on Bike”

No sentido de se tornar cada vez mais num destino de cicloturismo, a região de Turismo do Algarve acaba de formalizar a adesão ao projecto “Atlantic On Bike – Um destino de cicloturismo ímpar para um crescimento sustentável”.

O projecto, co-financiado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) através do Programa INTERREG Espaço Atlântico, visa desenvolver a sustentabilidade turística do destino baseada na rota ciclável transnacional EuroVelo 1 – Rota da Costa Atlântica que combina ao longo de mais de 9100 quilómetros os fiordes da Noruega, a costa da Irlanda e as praias de Portugal.

De leste para oeste, da fronteira espanhola até Sagres, a EuroVelo 1 cruza o Algarve num percurso de mais de 200Km de extensão designado por Ecovia do Litoral, conduzindo os cicloturistas às paisagens magníficas da costa algarvia e oferecendo encantos para todos os gostos.

No sítio da Internet euroveloportugal.com/pt é disponibilizada toda a informação sobre a rota EuroVelo 1 em Portugal, dividida em secções, com a descrição da rota, informações sobre transporte público, sinalização, código da estrada, percursos GPS e aluguer de bicicletas. Ao todo são 18 as secções nacionais, das quais cinco atravessam o Algarve, incluindo a Ecovia do Litoral Sudoeste, mais recente, com início em Sagres.

O projecto é liderado pelo departamento francês dos Pirenéus Atlânticos e envolve 18 parceiros de sete países, incluindo a Comunidade intermunicipal do Algarve (AMAL) e a Região de Turismo do Algarve, que assumirá sobretudo as acções de comunicação e de promoção. Os dois parceiros portugueses vão gerir um orçamento total de 350 mil euros ao longo de 36 meses e a taxa de co-financiamento poderá atingir 75% dos custos elegíveis do projecto.

A rede EuroVelo compreende 15 rotas cicláveis de longa distância que unem todo o continente europeu, mas outras irão surgir, esperando-se que a rede fique completa em 2020.