Santo Antão vai ter aeroporto

O Governo de Cabo Verde aponta para 2020 o início contratualização para a construção do aeroporto de Santo Antão, que se localizará no concelho do Porto Novo. A garantia foi dada pelo primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva.

Segundo o chefe do executivo cabo-verdiano, Santo Antão oferece um tipo de turismo (de natureza) que “dará um salto muito grande com o aeroporto”, assegurando que a construção dessa infra-estrutura é “um compromisso firme” do seu Governo para com os habitantes da ilha.

A ASA, através de uma equipa pluridisciplinar, prossegue com os estudos sobre o aeroporto, que só deverão ficar concluídos dentro de três anos, mas que apontam Casa de Meio, a sete quilómetros da cidade do Porto Novo, como zona ideal para a construção dessa infra-estrutura.

A ideia é construção um aeroporto que, segundo os levantamentos já feitos, deverá rondar entre 18 milhões e 20 milhões de euros, com uma pista de 2.500 metros de cumprimento.

Santo Antão deixou de ter ligações aéreas desde os anos 90, quando o então aeródromo da Ponta do Sol, que tinha uma pista com apenas 650 metros de cumprimento, e sem possibilidades de ampliação, foi desactivado por razões de operacionalização.

Hoje, Santo Antão é servido por ligações arítimas, principalmente a partir de São Vicente, ilha vizinha e é hoje das poucas do arquipélago que não possui ou aeroporto de nível internacional ou de aeródromo para ligações domésticas,