SATA é pioneira no desenvolvimento do SDS Via Aérea

A SATA Air Açores é o primeiro e único operador a cumprir com as obrigações legais que resultam do novo sistema integrado dos meios de transporte e de mercadorias – SDS Via Aérea – da Autoridade Tributária e Aduaneira Nacional, estando já a interagir por mensagens transferidas por “Webservices” com o SDS. Em comunicado à imprensa, a companhia revela que, desde 1 de Janeiro, o volume de comunicação com o SDS conta já mais de sete mil mensagens, assentando a comunicação numa plataforma integralmente desenvolvida pela Direcção de Sistemas de Informação da transportadora aérea açoriana. O Sistema Integrado dos Meios de Transporte e de Mercadorias (SDS), que entrou em desenvolvimento em 2007 para os transportes por via marítima, processo que ficou concluído em Outubro de 2010, baseia-se no tratamento automático dos procedimentos aduaneiros associados à entrada e saída dos meios de transporte, à apresentação das mercadorias à Alfândega até que lhes seja atribuído um destino aduaneiro e ao controlo de saída das mercadorias. A solução da SATA é operacionalizada por um grupo de trabalho do serviço de Handling da SATA Air Açores que tira proveito das mensagens “e-freigth” de reservas e manifestos de carga trocadas entre os operadores aéreos, com o objectivo de compor as mensagens SDS que, posteriormente, são entregues a este sistema por “Webservices”. “O trabalho desenvolvido pela SATA já foi enaltecido pela Autoridade Tributária e Aduaneira, nomeadamente, no que respeita ao seu pioneirismo quanto ao desenvolvimento de uma solução específica que contribui para uma melhoria considerável da qualidade da informação que é enviada para o sistema SDS”, congratula-se a companhia na mesma informação. I.M.