SATA estuda novo sistema de tarifas em voos para o Continente

A SATA quer aplicar o novo sistema de tarifas lançado para os voos para os EUA e Canadá aos voos para o Continente, uma intenção que está, no entanto, pendente da revisão das obrigações de serviço público no transporte aéreo na região. De acordo com declarações à Lusa de Vítor Fraga, secretário Regional do Turismo e Transportes dos Açores, “está a ser estudado um sistema similar” para aplicar aos voos para o Continente, estando a sua aplicação dependente da revisão das obrigações de serviço público, matéria em que o executivo açoriano continua à espera de resposta por parte do Governo da República. Segundo Vítor Fraga, o novo sistema de tarifas “tem como base a sua flexibilização em relação ao transporte de bagagens e serviços de bordo” e “beneficiará os Açores e os açorianos, aumentando o leque de escolha”. Recorde-se que a SATA anunciou na semana passada que vai reforçar os voos para os EUA e Canadá a partir de final de Outubro, altura em que entra também em vigor, nestes voos, um novo sistema de tarifas, cujos preços passarão a ser baseados ?numa segmentação das suas classes, consoante a oferta efectiva de serviços, como sejam, por exemplo, a bagagem e o serviço a bordo no decorrer da viagem?. Assim, nos voos para a América do Norte, além das actuais classes ?Economy? e ?Plus?, a SATA vai passar a contar também com a tarifa ?No luggage? e com a ?Discount?, que terão limitações ao nível da bagagem a transportar, e ainda com a tarifa ?Confort?, que prevê embarque prioritário, acesso aos lounges Sata Plus e alterações de viagem sem penalizações. I.M.

(Visited 2 times, 1 visits today)