Savoy Palace celebra início da última fase de construção

O Savoy Palace, no Funchal, celebrou esta quarta-feira a Festa do Pau de Fileira, que representa o início da última fase de construção da obra. A cerimónia, que contou com a presença de diversas personalidades do panorama político regional, contou com uma visita à obra e com um agradecimento geral aos parceiros e trabalhadores desta unidade hoteleira.

“Este é um marco importante, chegámos ao fim da parte de estrutura e agora vamos começar com a finalização do hotel”, atesta Bruno Freitas, administrador da Savoy Hotels & Resorts, para acrescentar que “o próximo grande evento será, com certeza, a inauguração da unidade hoteleira, com previsão de abertura para a Primavera de 2019”. Já Avelino Farinha, proprietário do Savoy Palace, afirmou que “temos um enorme orgulho na obra que estamos a construir e temos uma grande alegria pela contribuição que estamos a dar à cidade e à Madeira”.

Com a obra ainda a meio, estando apenas o tosco concluído, Avelino Farinha adiantou já que a unidade hoteleira com 146.000m² de área de construção fará parte da Leading Hotels of the World. Acrescentou, ainda, que “estamos comprometidos com a qualidade, requinte e glamour da marca Savoy. Queremos e estamos a criar um hotel de referência na Madeira e para o turismo em geral”.

A Festa do Pau de Fileira contou com a presença do representante da República para a Região Autónoma da Madeira, Ireneu Barreto, presidente da Assembleia Legislativa, Tranquada Gomes, vice-presidente do Governo Regional da Madeira, Pedro Bettencourt Calado, secretária regional da Economia, Turismo e Cultura, Paula Cabaço, bem como de Joe Berardo, antigo proprietário do Hotel Savoy. Contou, ainda, com intervenções pelo presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque, e presidente da Câmara do Funchal, Paulo Cafôfo.

Cafôfo lembrou que “este espaço onde estamos agora era uma cratera”, explicando que “aquilo que precisamos é, efectivamente, de investimento” e de projectos como este, que sejam “criadores de empregos, que tragam desenvolvimento à nossa região, que tenham impacto na economia”. Congratulou ainda a “abertura do empreendimento para a cidade, quer seja em espaços públicos, quer seja na requalificação, com muito mais espaços verdes do que tinha”.

Miguel Albuquerque atesta ter “muito orgulho nesta obra”, que foi um das “que me deu direito a mais ‘pancada’”. “Este é um empreendimento muito importante, um empreendimento belíssimo que está muito bem concebido e é na verdade uma revitalização de um espaço na cidade do Funchal fundamental e a criação de uma nova centralidade urbana”, terminou o presidente do Governo Regional da Madeira.