Sector do rent-a-car reforça frota em Dezembro

No sector do rent-a-car as aquisições de ligeiros de passageiros atingiram em Dezembro último as 3.744 unidades, indica a ARAC que cita dados da ACAP – Associação Automóvel de Portugal.

No que respeita a veículos novos o conjunto das empresas associadas da ARAC que se dedicam à actividade de aluguer de curta duração (veículos ligeiros de passageiros, comerciais ligeiros, pesados de mercadorias, todo-o-terreno e motociclos) adquiriram no mês de Dezembro um total de 4.273 veículos face às 4.219 viaturas no período homólogo do ano anterior.

O rent-a-car continua a afirmar-se de forma clara como o maior comprador de veículos automóveis em Portugal, registando no ano findo a aquisição de 42.620 veículos ligeiros de passageiros.

Na composição das aquisições referidas, prevalecem (á semelhança do mercado nacional de um modo geral) os segmentos B e C, os quais representaram respectivamente 43% e 30% das aquisições efectuadas pelas empresas de rent-a-car.

A ARAC refere, por outro lado, que o sector irá brevemente introduzir veículos eléctricos nas frotas, bem como aumentar o número de veículos adaptados á condução por pessoas com dificuldades físicas, veículos de características especiais para além das caravanas e autocaravanas já operadas por algumas empresas especializadas neste tipo de viaturas, bicicletas a pedal, bicicletas eléctricas e também os denominados “segway”.

A aquisição de veículos novos pelas empresas de rent-a-car representou o ano passado 21% do total de veículos ligeiros de passageiros novos vendidos e 11%% do total de comerciais ligeiros novos.

O crescimento das frotas das empresas de rent-a-car deve-se sobretudo ao actual sucesso do Turismo em Portugal, pois o número de visitantes tem aumentado significativamente nos últimos quatro anos.