SET apela aos municípios para não cobrarem taxas turísticas

O apelo foi feito por Adolfo Mesquita Nunes em declarações à imprensa, à margem da apresentação do Anuário do IPDT ?O Turismo em 2013? que teve lugar na manhã de ontem, em Lisboa. Mostrando-se consciente dos efeitos negativos que a implementação destas taxas vai ter sobre a hotelaria, em particular, e o turismo, em geral, o secretário de Estado do Turismo apelou aos municípios para as não cobrarem: “As taxas turísticas são da competência das Câmaras, mas o Governo considera que elas prejudicam ainda mais a actividade turística e por isso apelo aos autarcas que não o façam”, disse . Já sobre a possibilidade de as Câmaras virem a cobrar IMI aos bares de praia, o governante apenas disse que esta é também uma medida da competência das autarquias, muito embora tenha afirmado estar consciente de que a carga fiscal que impende sobre o sector do turismo é pesada, estando este tema a ser estudado pelo grupo de trabalho criado pelo Governo para analisar o impacto da fiscalidade e dos custos de contexto sobre a actividade turística, cujas conclusões deverão ser conhecidas a 31 de Julho, como tem vindo a ser noticiado. M.F.