SET inaugurou Núcleo Museológico da Casa da Ínsua

O secretário de Estado do Turismo, Adolfo Mesquita Nunes, inaugurou terça-feira, 23 de Abril, o Núcleo Museológico da Casa da Ínsua, em Penalva do Castelo, um projecto que resulta da ?recuperação e requalificação de um importantíssimo acervo patrimonial classificado?, diz a Visabeira Turismo em comunicado. Durante a sua intervenção na cerimónia de inauguração, Mesquita Nunes enalteceu o facto de este núcleo ser de iniciativa privada, sublinhando a excelência do projecto, enquanto Leonídio Monteiro, autarca de Penalva do Castelo, e Pedro Machado, presidente do Turismo do Centro de Portugal, destacaram a importância deste equipamento do ponto de vista local e como factor de promoção nacional e internacional. Na inauguração do Núcleo Museológico esteve também presente José Arimateia, administrador da Visabeira Turismo, que apresentou o projecto e o seu enquadramento, bem como António Pimentel, director do Museu Nacional de Arte Antiga. Localizado na Casa da Ínsua, que foi submetida a uma profunda requalificação por parte da Visabeira Turismo, afirmando-se actualmente como uma unidade hoteleira de características únicas no país, o Núcleo Museológico é composto por unidades situadas em dependências da Casa da Ínsua e por outras no perímetro da propriedade envolvente, assentando em antigas áreas de produção rigorosamente recuperadas e em documentação única associada ao historial da casa e aos seus proprietários. ?Criado através de uma parceria entre o Grupo Visabeira e o Museu Nacional de Arte Antiga, o núcleo coloca a Casa da Ínsua num lugar de destaque na História Nacional, designadamente no que concerne às relações luso-brasileiras do século XVIII, por via da acção de Luís de Albuquerque de Mello Pereira e Cáceres, governador e capitão-general da capitania de Cuiabá e Mato Grosso, entre 1772 e 1788, e que, em pleno período barroco, mandou erigir esta casa senhorial?, lê-se no mesmo comunicado. A visita passa por várias salas e espaços que relatam a história da Casa da Ínsua e dos seus proprietários, num projecto que coloca a Casa da Ínsua na vanguarda da inovação em termos de oferta turística em Portugal. ?A colaboração entre o Grupo Visabeira e o Museu Nacional de Arte Antiga foi determinante para que um projecto desta dimensão pudesse avançar, conciliando interesses e conhecimento na preservação de uma parte significativa da memória colectiva regional e nacional?, refere ainda a Visabeira Turismo. I.M.