SET não acredita em quebras devido ao aumento das taxas aeroportuárias

O secretário de Estado do Turismo, Adolfo Mesquita Nunes, não acredita que o aumento de 4% anunciado para as taxas aeroportuárias venha a provocar quebras nos principais mercados emissores de turistas para Portugal. ?O enquadramento dessas taxas definidas pelo Governo no processo de privatização da ANA teve em conta os interesses do turismo e isso é algo que gostaria de deixar claro. Portanto, parece-me que não temos razões para considerar que vamos ter quebras em mercados onde estamos a crescer?, afirmou Mesquita Nunes em entrevista à Antena 1. Recorde-se que o aumento de 4% das taxas aeroportuárias estava já previsto no processo de privatização da empresa gestora dos aeroportos nacionais, devendo acontecer dentro de três meses. I.M.