SET: Novo visitportugal.com visa fazer mais com menos

Na apresentação do novo portal visitportugal.com., o secretário de Estado do Turismo, Adolfo Mesquita Nunes, sublinhou o facto de ter sido ?substancialmente muito mais barato? que o anterior, produzido em 2004, e de através dele se pretenderem multiplicar os resultados. A nova campanha online do Turismo de Portugal é ?fruto de uma opção política arriscada de alterar o paradigma da forma como as campanhas se fazem em Portugal? e é também uma ?forma de responder aos desafios do futuro e às condicionantes orçamentais?, afirmou Adolfo Mesquita Nunes que, no entanto, não pretendeu ficar com os «louros» de uma opção que, disse, ?foi tomada pela anterior secretária de Estado, Cecília Meireles?. ?O novo site permite perceber o que mudou na forma como o governo encara o turismo e a forma como o TP está a funcionar?, trocando as antigas campanhas por ?mecanismos mais ágeis? que respondam melhor às necessidades das empresas, dos destinos e dos próprios turistas, afirmou o secretário de Estado que fez questão de sublinhar que esta opção ?é substancialmente muito mais barata? que a de 2004, uma vez que o novo site orçou em 160 mil euros enquanto a opção anterior tinha custado ?900 mil?. Mas com menos, o objectivo é fazer mais: ?tal como a campanha online com muito menos permitiu chegar mais longe, também este novo site é uma opção que orçamentalmente respeita, valoriza e multiplica aquilo que é o dinheiro dos contribuintes?, afirmou Mesquita Nunes. Em declarações à imprensa à margem da apresentação do novo portal, e sobre a possibilidade de este servir para comercialização, Mesquita Nunes esclareceu que ?o que o site tem é a possibilidade de se poder acoplar essa funcionalidade?, que a comercialização ?é algo que é tecnicamente possível?, mas que ?não estamos a anunciar que o vamos fazer nem como vamos fazer?. M.F.