Sete navios de cruzeiro passam o ano no Funchal

Os dados de reserva de cais dos Portos da Madeira mostram que a tradição ainda é o que era e que o cartaz turístico que continua a ser o fim-de-ano no Funchal, muito por via do seu majestoso fogo-de-artifício, continua a atrair vários navios de cruzeiro e muitos cruzeiristas. Atracados no porto à meia noite vão estar sete navios, mas pelo menos mais dois deverão estar ao largo.

Passar o ano contemplando, de um navio, o fogo-de-artifício com que os funchalenses brindam a chegada de um novo ano é um atractivo suplementar para os itinerários de navios de cruzeiros que chegam ao porto da Madeira no último dia do ano. Este ano, serão sete os navios que ali atracarão no último dia do ano para zarparem apenas no primeiro dia de 2017.

Entre os sete navios já com reserva de cais feita inclui-se o Queen Victoria que chegará ao Funchal pelas 9h00 da manhã de 31 de Dezembro, proveniente de Santa Cruz de la palma, o e dali partirá, rumo a Lisboa, quando o ponteiro dos minutos der a sua primeira volta completa em 2017 – ou seja, pela 01h00 da manhã. Aí já os seus hóspedes terão brindado ao novo ano e à beleza da passagem do ano na Madeira.

Pela mesma hora do último dia do ano chegarão também o Megallan e o Marco Polo, que têm partida marcada igualmente para a 01h00 do primeiro dia de 2017.

O primeiro navio a atracar no Funchal no último dia deste ano será o Oceana, que ali chegará pelas 07h00, partindo às 03h00 de 1 de Janeiro de 2017. Já os últimos navios a chegar, pelas 23h00 de 31 de Dezembro mas a tempo de desfrutar do espectáculo de fogo-de-artifício, serão o Aidablu e o MSC Magnifica que ali vão ficar até às 18h00 de dia 1 de Janeiro, e ainda o Saga Pearl II que sairá uma hora antes.

No dia 31 chegarão ao Funchal mais dois navios que no entanto sairão do porto bastante antes da meia noite. É no entanto possível que, como acontece muitas vezes, se mantenham ao largo para permitir aos seus passageiros apreciarem as festividades.

Tudo somado, o fim do ano deverá atrair à cidade do Funchal cerca de 20 mil cruzeiristas.