SGS lança novo seguro de viagem

A Sociedade Mediadora de Seguros – SGS acaba de lançar no mercado português um seguro de viagem que cobre motivos de força maior, como greves, cataclismos, actos de terrorismo, epidemias ou pandemias, destinado para todos os destinos e com um capital seguro de 3 mil euros.

Trata-se “de um risco do comum passageiro, e que com a nova directiva comunitária sobre viagens organizadas, estamos a antecipar o produto para que os agentes de viagens comecem a habituar-se a vendê-lo e os clientes comecem a pagar por esse risco”, disse ao turisver.com, o responsável comercial da seguradora, Rogério Gabriel.

A SGS aproveitou o roadshow da Solférias e da Exoticoonline sobre o Brasil para lançar este produto “Esteja protegido, quando motivos de força maior perturbarem a sua viagem”, que vai estar disponível para as agências de viagens suas clientes a partir de 1 de Dezembro.

“Não é um seguro comum de viagem”, disse o responsável, para explicar que “será sempre vendido como complemento ao seguro de viagem, mas para esta especificidade de risco por motivos de força maior, obrigando o cliente a cancelar, alterar, adiar ou antecipar a viagem inicialmente prevista. Se a viagem do cliente ficar prejudicada, a seguradora vai assumir estas despesas adicionais a 100%, quando se referirem ao cancelamento antecipado”.

Rogério Gabriel especifica que “na situação em que o cliente não consegue regressar ao ponto de origem, vamos assegurar a parte das despesas do alojamento e alimentação incluídos no contrato para que possa fazer o prolongamento da estadia até que possa regressar, até ao máximo de 3 dias, que é o que a directiva vem obrigar”.