Só 10% dos franceses recorrem a agências de viagens para reservar hotéis

Na hora de reservar um hotel, a maioria dos turistas franceses procura primeiro informação no website das unidades hoteleiras e 41% recorrem a plataformas de reservas ou às agências de viagens online, enquanto apenas 10% continuam a reservar através das agências de viagens tradicionais, de acordo com um estudo recente da Booking.com. Além dos 41% de franceses que reservam através de plataformas online, há ainda 39% que preferem realizar a reserva directamente através do telefone e 2% que recorrem a aplicações móveis, sendo cada vez menor o número de franceses que recorrem às agências tradicionais para reservar hotéis. O estudo da Booking.com procurou ainda apurar qual o grau de reconhecimento que os sites de reservas hoteleiras têm entre os turistas franceses, concluindo que 87% dos inquiridos conhece, pelo menos, um site de reservas online. O site de reservas online Voyages-sncf.com é o mais conhecido, tendo sido apontado por 71% dos inquiridos, enquanto o Booking.com é o mais desconhecido, sendo referido apenas por 44% dos entrevistados. Para 71% dos turistas franceses e 88% de hoteleiros ouvidos no estudo, os sites de reservas online ocupam actualmente uma posição central na actividade turística francesa, com 83% dos turistas e 91% dos hoteleiros a considerarem mesmo que estas plataformas permitem aumentar a visibilidade das unidades hoteleiras, principalmente entre os turistas estrangeiros. Para 69% turistas franceses, estes sites são economicamente indispensáveis para o turismo francês, opinião que é partilhada por 56% dos hoteleiros, com 81% dos responsáveis pela hotelaria a admitirem que estão registados em pelo menos um destes sites. I.M.