“Só um país seguro atrai turistas”, diz o ministro da Administração Interna

O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, disse esta segunda-feira, em Serpa, que o facto de Portugal ser considerado o terceiro país mais seguro do mundo é “fundamental” para a economia, porque “só um país seguro atrai turistas, investidores e novas populações”.

“Portugal é considerado, por avaliações internacionais, como o terceiro país mais seguro do mundo e isso é essencial antes de mais para os portugueses, para a consciência de tranquilidade, de vida em comunidade, mas também é fundamental para a economia, porque só um país seguro atrai turistas, investidores e novas populações”, disse Eduardo Cabrita, citado pela agência Lusa.

O ministro, que falava numa sessão sobre o Contrato Local de Segurança de Serpa, orientado para a presença de imigrantes sazonais no concelho, disse que Portugal quer continuar a ser um dos países mais seguros do mundo e frisou que a segurança “não é uma responsabilidade exclusiva das forças de segurança”, mas sim “de todos”.