Springwater está compradora em Portugal

Depois de ter concluído a aquisição da GeoStar, em finais do ano passado, a Springwater continua compradora em Portugal, um dos países onde quer alargar o número de empresas turísticas que já detém, segundo noticia o site Hosteltur.com. O objectivo é reforçar a marca “Wamos” que engloba agência de viagens, operador turístico e companhia aérea.

Citado pela Hosteltur.com, Martin Gruschka, CEO da Springwater, fundo que detém a marca Wamos na qual se englobam as empresas turísticas Neutalia, Wamos Air e Wamos Tour e circuitos, continua a querer alargar o seu portfólio, estando agora a procurar oportunidades para adquirir mais empresas na área do Mediterrâneo, onde se compreendem países como Portugal e Espanha, mas também França e Itália, como assumiu o responsável em declarações ao site espanhol.

O objectivo da Springwater, que já remonta há cerca de um ano, é transformar a marca Wamos num “grupo pan-mediterrânico, embora apenas ligado aos sectores das viagens, uma vez que em declarações ao referido site, Gruschka afirmou que nenhuma das empresas em estudo pertence à área da hotelaria.

Recorde-se que depois de em 2014 ter adquirido a Espírito Santo Viagens que por via disso viu a sua denominação alterada para Springwater Travel Group, a Springwater concluiu, em finais do ano passado, a aquisição da GeoStar à Sonae. Com esta operação, e tal como na altura foi noticiado, o grupo passou a ser líder no mercado português, com vendas superiores a 400 milhões de euros.