Star Alliance cria novos itinerários temáticos de volta ao mundo

A Star Alliance adiciona agora itinerários temáticos ao seu portefólio do produto “Round the World” (RTW) lançado há mais de duas décadas. Os clientes que viajam com estas tarifas podem acumular milhas em qualquer um dos Programas de Passageiro Frequente oferecidos pelas companhias aéreas membro.

Além de poderem criar uma viagem a partir do zero, os viajantes passam a poder escolher entre uma variedade de percursos temáticos à volta ao mundo, que incluem “World Food”, “World Wonders”, “Architecture Hotspots”, “Nature Trail”, “Aquatic Wonders”, “Ramsar Wetlands”, “Natural Wonders”, “Great Hotels”, “Sports Hotspots”, “Wine Tasting”, “Romantic Journey” e “Luxury Lifestyle”.

Para facilitar a compra destas novas viagens, a ferramenta de reservas online  “Book & Fly” foi actualizada, permitindo aos potenciais viajantes escolher o aeroporto mais próximo do local de residência como ponto de partida para o itinerário temático seleccionado. Adicionalmente, podem fazer outras adaptações na viagem à sua escolha, nomeadamente remover ou trocar destinos.

A ferramenta “Star Alliance Book & Fly” está disponível no site da aliança em três idiomas, inglês, alemão e japonês, dando aos clientes a possibilidade de planear as suas viagens de volta ao mundo a partir do conforto da sua própria casa, 24 horas por dia, 365 dias por ano. Aqueles que desejarem partilhar com os amigos os respectivos planos de viagem, podem também fazê-lo através da funcionalidade nas redes sociais integrada.

As tarifas “Round the World” geralmente oferecem melhor custo-benefício do que os bilhetes reservados separadamente nas diferentes companhias aéreas para a mesma viagem.

Os clientes podem construir os seus próprios itinerários dentro do valor máximo de milhas do nível da tarifa seleccionada. A viagem deve começar e terminar no mesmo país e seguir uma direcção, indo para  Oriente ou Ocidente, sendo permitidos alguns ziguezagues dentro de um único continente. Quer o Oceano Atlântico quer o Oceano Pacífico devem ser atravessados uma vez. Devem também ser realizadas paragens de pelo menos 24 horas num mínimo de três cidades e o itinerário global pode incluir até 15 paragens. Algumas tarifas em classe económica têm um máximo de cinco paragens.

As crianças com idades entre os dois e os 11 anos pagam 75% da tarifa de adulto aplicável, enquanto as crianças menores de dois anos, que não ocupam lugar, podem viajar por 10% da tarifa de adulto.