Stay Hotels compra Grande Hotel de Paris no Porto

O Grupo Stay Hotels acaba de adquirir mais antigo hotel da cidade do Porto, o Grande Hotel de Paris, passando a disponibilizar um total de oito unidades hoteleiras, situadas de Norte a Sul do país.

De acordo com Nicolau Pinheiro da Veiga, administrador executivo do Grupo Stay Hotels, detido a 100% por fundos de Private Equity geridos pela Inter-Risco, com esta aquisição, a marca “reforça a sua presença numa localização estratégica e amplia de forma significativa a sua capacidade instalada.”

“A escalabilidade do actual imóvel que serve o hotel permitirá à Stay Hotels ter no curto prazo uma oferta relevante em termos de quantidade e qualidade no centro histórico da cidade do Porto, um dos dois vetores preferenciais de crescimento inorgânico do Grupo no médio prazo”, referiu ainda Jorge Bastos, administrador executivo do grupo hoteleiro.

Segundo Paula Gandra, CFO da cadeia, “com mais esta aquisição, o grupo atinge uma capacidade de aproximadamente 500 unidades de alojamento, tendo a quase totalidade do investimento sido efectuado com recurso a fundos próprios injectados pelo nosso accionista”, para acrescentar que “está projectado um investimento de aproximadamente 7 milhões de euros a ser realizado nos próximos 18 meses nas unidades adquiridas”.

Ao investimento da Stay Hotels na aquisição do Grande Hotel de Paris seguir-se-á uma significativa ampliação do negócio existente, estando previsto um aumento de cerca de 20 quartos no hotel existente, a ser realizado nos imóveis adjacentes, também eles incluídos no negócio efectuado.

O Grande Hotel de Paris, situado na Rua da Fábrica, em pleno coração da cidade do Porto, foi inaugurado no ano de 1877, inspirado nos distintos costumes franceses, sendo, na época, um exemplo de inovação e modernidade na hotelaria nacional.Ao longo dos seus 140 anos de existência, o Grande Hotel de Paris teve como hóspedes habituais algumas das maiores personalidades da cultura portuguesa do final do século XIX, como foi o caso de Camilo Castelo Branco, Eça de Queirós, Guerra Junqueiro e Rafael Bordalo Pinheiro.

O hotel foi adquirido, na década de 90, pela família Ferreira, que procedeu a um intenso trabalho de restauro, remodelação e preservação da sua identidade e carácter histórico. Em 2017 passa a ser explorado pela empresa Juststay Hotels, sob a chancela da Stay Hotels, com a denominação de Grande Hotel de Paris by Stay Hotels. A nova gestão tem o compromisso de preservar a personalidade do espaço, conjugando-a harmoniosamente com os valores da marca, que se inspiram na modernidade, simplicidade, proximidade e bem-estar dos clientes.

Tendo em vista o reforço da sua presença no mercado português, o Grupo tem neste momento em curso um processo de aumento de capital visando a duplicação da sua capacidade instalada, através de aquisições e/ou abertura de novas unidades hoteleiras.