Swiss cresce em passageiros e ocupação no primeiro semestre

A companhia aérea Swiss registou resultados favoráveis nos primeiros seis meses do ano, alcançando crescimentos tanto ao nível do número de passageiros transportados como na ocupação dos voos, ainda que se registe uma redução no número de voos operados. No total, a Swiss transportou, entre Janeiro e Junho, um total de 7.772.447 passageiros, o que representa uma subida de 0,9% face a igual semestre de 2012, que foi também comum à taxa de ocupação dos voos da companhia neste período, que cresceu 1,3%, situando-se nos 82,6% no primeiro semestre do ano. Apesar da subida nos passageiros e na ocupação, a companhia reduziu o número de voos operados em 3,1%, num total de 72.899 movimentos, 64.315 dos quais tiveram como destino a Europa, o que representa uma redução de 3,8%, enquanto os voos intercontinentais cresceram 1,7%, para um total de 8.584. Já a capacidade de lugares disponíveis por quilómetro (ASK) aumentou 2,9% de Janeiro a Junho, ainda que tenha existido uma redução de 2,3% a nível europeu, enquanto o volume total de tráfego, medido em passageiros por quilómetros (RPK), registou uma recuperação de 4,5%, sendo a recuperação mais ligeira a nível europeu, onde o crescimento foi de apenas 0,6% face aos primeiros seis meses de 2012. A nível intercontinental, a capacidade de lugares disponíveis por quilómetro aumentou 5,5% e a receita total por passageiro por quilómetro aumentou 6,2%. Relativamente apenas ao mês de Junho, a Swiss obteve um crescimento de 2,8% no número total de passageiros, que atingiu 1.412.234 de passageiros, enquanto a taxa de ocupação subiu 0,8%, para 87,7%. Na Europa, a Swiss obteve uma taxa de ocupação 1,7% acima da global, enquanto a nível intercontinental a melhoria foi de apenas 0,2%. I.M.