TAP e Azul estudam acordo de joint-venture

A TAP e a brasileira Azul estão a trabalhar num acordo de joint-venture em que ambas as companhias aéreas possam colaborar a nível de preços e capacidade dos voos transatlânticos entre a Europa e o Brasil.

“Queremos chegar a uma cooperação total”, afirma Trey Urbahn, CCO da TAP, à FlightGlobal. Urbhan atesta que uma joint-venture vai permitir às duas companhias aéreas cooperar a nível de preços e capacidade. A TAP e a Azul, que possuem já uma lista de voos compartilhados, querem reforçar a sua parceria e colaborar até na aquisição de aviões e de combustível.

Uma joint-venture vai intensificar a relação entre as duas transportadoras, que partilham um elo comum no fundador da Azul, David Neeleman, também accionista da Atlantic Gateway que detém 45% na holding da TAP. O antigo presidente da Azul, Antonoaldo Neves, mudou-se também recentemente para a TAP, onde é membro do conselho administrativo.