TAP suspende operação para Bissau

A TAP decidiu suspender a sua operação para Bissau devido à ?grave quebra de segurança? no embarque do voo TP202 de Bissau para Lisboa na madrugada de 10 de Dezembro, que transportou ?74 passageiros com documentos comprovadamente falsos?, informou ontem a companhia. Em comunicado, a TAP diz que a rota Lisboa/Bissau/Lisboa vai estar suspensa até que seja realizada ?uma completa avaliação das condições de segurança no aeroporto em Bissau?, estando a companhia a ?desenvolver esforços para minimizar o impacto desta decisão sobre os seus passageiros?, como ligações alternativas. Recorde-se que o voo da TAP entre Bissau e Lisboa do passado dia 10 de Dezembro transportou 74 passageiros com passaportes que evidenciavam terem sido falsificados, o que motivou de imediato a actuação do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) à chegada a Lisboa, comprovando-se que se tratavam de cidadãos sírios, com passaportes turcos falsificados. O voo que a TAP deveria realizar hoje para a capital guineense, uma das três ligações semanais que a companhia disponibilizava para Bissau, já não vai ser operado. I.M.