Taxa de empregabilidade dos cursos das EHT aumenta 10%

Entre 2011 e 2012, o número de alunos das Escolas de Hotelaria e Turismo empregados no sector aumentou 10 pontos, de 41% para 51,6%. Já a taxa de actividade (emprego + prosseguimento de estudos) cresceu para 72,9%. Os resultados estão incluídos no Estudo de Inserção Profissional dos alunos das escolas do Turismo de Portugal, onde se conclui que 242 alunos encontraram emprego no final do seu percurso escolar, 77% deles ficaram colocados no mercado de trabalho em menos de três meses e metade obteve colocação em menos de um mês. Segundo o mesmo estudo, 90% dos alunos saídos das Escolas está a desenvolver a sua actividade no sector do turismo ? hotelaria e restauração -, estando a maior taxa de empregabilidade directa (63%) associada aos Cursos de Especialização Tecnológica. Técnicas de Serviço de Restauração e Bebidas (83%) e Gestão e Produção de Cozinha, com uma taxa de 78% são os cursos que apresentam maiores taxas de actividade. Este ano lectivo, as Escolas de Hotelaria e Turismo receberam duas vezes mais candidaturas do que a oferta disponível: 2.475 concorrentes para as 1.132 vagas existentes nos cursos de gestão turística, gestão hoteleira, serviço de restauração e bebidas e cozinha e pastelaria. Para mais informações sobre os cursos e as Escolas do Turismo de Portugal:http://escolas.turismodeportugal.pt/page/escolas-e-cursos. M.F.