Taxa de ocupação e volume de vendas baixam na hotelaria algarvia em Abril

Tanto a taxa de ocupação como o volume de vendas das unidades de alojamento no Algarve apresentaram quebras em Abril, influenciados pelo facto de a Páscoa ter sido no dia 1, de acordo com dados da AHETA divulgados esta sexta-feira.

A taxa de ocupação global média/quarto foi de 58,3%, o que corresponde a uma descida de 9,7% face ao mesmo mês do ano anterior, enquanto o volume de vendas baixou 16,3%. No acumulado de Janeiro a Abril a taxa de ocupação quarto regista uma descida de 2,2%, mas o volume de negócios aumentou 2,4%.

Segundo a AHETA, os mercados que apresentaram as maiores descidas foram o britânico (-20,5%), holandês (-14,6%), alemão (-11,9%), espanhol (-43,1%) e o português (-10,3%). Mais uma vez a Associação justifica a grande quebra de turistas nacionais e espanhóis ao facto da Semana Santa ter sido celebrada este ano no final do mês de Março.

Por zonas geográficas, os dados da AHETA referem que todas registaram descidas, com destaques para Portimão / Praia da Rocha / Alvor (-27,1%), Lagos / Sagres (-16,9%) e Monte Gordo / VRSA (-14,9%).