Terceira vai ter rotas low cost de Lisboa e Porto com apoio do Fundo do Turismo

A ilha Terceira vai ter duas novas rotas aéreas, para Lisboa e para o Porto. A abertura a voos de baixo custo faz parte do plano de revitalização económica da ilha, estabelecido entre os Governos de Lisboa e dos Açores para fazer face à redução da presença norte-americana na Base das Lajes.

O plano inclui várias medidas anunciadas em Angra do Heroísmo pelo Primeiro-Ministro António Costa, que esteve em visita oficial aos Açores. À cabeça, está o financiamento, por via do Fundo do Turismo, de várias acções para dinamizar e promover a Terceira.

Entre elas, o primeiro-ministro salientou o plano de revitalização económica da ilha da Terceira, que está a sofrer com a progressiva retirada norte-americana da Base das Lajes. Plano esse que prevê, em primeiro lugar, um financiamento por parte do Fundo do Turismo, através de iniciativas de promoção da ilha da Terceira e para a melhoria da oferta.

“Incluirá também a criação de duas novas rotas low-cost a partir do Porto e de Lisboa para a ilha Terceira, com duas rotações a partir do Porto e quatro a partir de Lisboa”, anunciou o Primeiro-Ministro no final da reunião entre os dois executivos, em Angra do Heroísmo.

O primeiro-ministro explicou ainda que o Governo da República dará apoio a projectos para captação de investimento e “desencadeará esforços tendo em vista a certificação da Base das Lajes para uso civil, de forma a poder reforçar esta plataforma aeronáutica”.