Termas Centro apostam na investigação rumo à inovação

No âmbito do projecto âncora inovação do Provere Termas Centro, decorre no próximo dia 3 de Março, pelas 10h00, no Anfiteatro Amarelo da Faculdade de Ciências da Saúde da Universidade da Beira Interior, a sessão de apresentação de duas iniciativas de investigação.

O projecto “Investigação Clínica em Crenoterapia, Estudos Clínicos e Moleculares – Efeitos da Inalação de Água Sulfurosa Termal em doentes com Doenças Respiratórias, Rinossinusite Crónica e Asma Brônquica”, coordenado pelo professor doutor Luís Taborda Barata, do Centro de Investigação em Ciências da Saúde da Universidade da Beira Interior, visa confirmar cientificamente a eficácia dos tratamentos termais enquanto abordagem complementar nestas patologias, com vista à valorização da marca “Termas Centro” e consequente valorização das estâncias termais como sector fundamental para o Sistema Nacional de Saúde.

Já o projecto “Caracterização do Potencial Bioativo dos Recursos Hídricos Termais da Região Centro”, coordenado pela Professora Doutora Ana Palmeira, do mesmo centro de investigação, e pela Professora Doutora Maria Teresa Rosete, da Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra), tem como objectivo avaliar o potencial das diferentes águas termais da região centro, de modo a apoiar a sua inclusão em produtos de saúde e ingredientes cosméticos.

Termas Centro, projecto que abrange 22 estâncias termais da região, e cujo promotor líder é a Associação das Termas de Portugal – Delegação Centro, é cofinanciado pelo programa Operacional Centro 2020, Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER), no âmbito da Estratégia de Eficiência Colectiva Provere.