Termas e CM de Chaves criam conselho para dinamização do turismo

As Termas de Chaves e o município flaviense vão criar, esta sexta-feira, o Conselho Estratégico para a Dinamização do Turismo de Base Termal, a ser constituído por assinatura em cerimónia pública. A plataforma consultiva vai envolver entidades e empresas locais para participar na estratégia de desenvolvimento e promoção do concelho.

A Conferência/Sessão de Constituição e Apresentação Pública Conselho Estratégico para a Dinamização do Turismo de Base Termal de Chaves realiza-se a 4 de Maio nas Termas de Chaves e juntará mais de 30 entidades e empresas do sector do turismo, hotelaria, restauração, animação e eventos, entre outras relacionadas, contando com a presença de Fernando Freire de Sousa, presidente da CCDR-N, Melchior Moreira, presidente do Turismo do Porto e Norte de Portugal, e Vitor Leal, presidente da Associação das Termas de Portugal.

A nova plataforma consultiva pretende ser uma nova forma solidária e participada pela comunidade de gerir e potenciar as águas termais bicarbonatadas-sódicas mais quentes da Europa, com o objectivo de divulgar, captar e fidelizar o turismo de base termal, histórico, de natureza e de lazer e ao mesmo tempo contribuir para o investimento, desenvolvimento económico e criação de emprego na região.

Segundo o Turismo Porto e Norte de Portugal, em 2017 as termas motivaram 7% da procura global registadas nas lojas de turismo, uma subida de 6% face a 2016. A actividade termal é um dos mais importantes recursos turísticos de Trás-os-Montes, gerando receitas, dinamizando a economia, incentivando investimentos públicos e privados e criando postos de trabalho. As Termas de Chaves valem enquanto equipamento municipal, pela actividade comercial e enquanto principal elemento agregador do potencial turístico do concelho.

As termas são uma das mais procuradas estâncias de tratamento termal do país, com a sua exploração para fins medicinais a ter raízes na época romana. Com uma temperatura de 76°, a água mineromedicinal de Chaves é bicarbonatada e rica em minerais, sobretudo em sódio, sílica, fluoreto de hidrogenocarbonato. A sua principal acção é estimular as funções metabólicas e orgânicas devido à sua mineralização, sendo indicada no tratamento de patologias músculo-esqueléticas, do aparelho digestivo, cardiocirculatórias e de vias respiratórias.