Thomas Cook e Air Transat com acordo de permuta de aviões

A Transat A.T.inc. e Thomas Cook Group Airlines assinaram um acordo de sete anos para a permuta de aviões, numa base sazonal. A cada Inverno, a Thomas Cook disponibiliza um número de Airbus A321 à Air Transat, que dá acesso à companhia inglesa a um dos seus A330-200.

O acordo vai permitir que ambas as companhias aéreas giram e utilizem as suas frotas de maneira mais eficiente. Tira partido das diferentes sazonalidades das transportadoras, com a Air Transat a utilizar um maior número de aviões mais pequenos no Inverno, de modo a servir destinos nas Caraíbas, México e Florida, e aviões de maiores dimensões no Verão para o mercado transatlântico.

Por outro lado, a Thomas Cook utiliza aviões pequenos no Verão, para voar para destinos no Mediterrâneo, e aviões maiores no Inverno, para servir rotas de longo curso, como Cuba e República Dominicana. Christoph Debus, Chief Airline Officer do Thomas Cook Group, atesta que “esta nova parceria providencia um crescimento adicional de oportunidades para a nossa companhia aérea, e demonstra novamente como o Thomas Cook Group se está a transformar através de parcerias”.

Já o presidente e CEO da companhia aérea canadiana, Jean-Marc Eustache, afirma que “este acordo marca uma nova fase na reconfiguração da nossa frota”, e que “permite que melhoremos o nosso modelo de frota-flexível, tornando-o ainda mais eficiente”. “A nossa frota vai, eventualmente, consistir somente de Airbus A330 e aviões da família A320, como o A321, o que representa uma experiência de viagem mais harmoniosa para os nossos passageiros, bem como custos de operação mais baixos”, acrescenta.