Tráfego aéreo em Agosto na Europa regista subida tímida

O tráfego aéreo de passageiros através da rede de aeroportos europeus registou em Agosto uma subida média de apenas 2%, o crescimento mensal mais tímido em três anos, segundo o ACI Europe (capítulo europeu do Conselho Internacional de Aeroportos).

Estes números têm a ver com a quebra de tráfego registada na região pelos aeroportos não comunitários, em parte gerada por acontecimentos geopolíticos que levaram a uma mudança da procura por aeroportos da União Europeia nos destinos de lazer mais populares.Por outro lado, os grandes hubs europeus das principais economias têm sido afectados por ameaças terroristas, enquanto as companhias aéreas de baixo custo continuam a impulsionar o tráfego onde quer que operam.

A organização atribui esta desaceleração do crescimento, que começou no passado mês de Abril, à quebra de 6,2% no tráfego de passageiros no mercado europeu não comunitário, com a Turquia a baixar 14,9%, seguida da Rússia com menos 5,5%. Pelo contrário, o tráfego de passageiros nos aeroportos da EU manteve-se bastante dinâmico, atingindo um aumento de 4,5%.

ACI-Europeu salienta que parte do bom desempenho dos aeroportos da UE é atribuível à procura mudou da Turquia para outros países do Sul e do Leste da Europa, dando um impulso para muitos aeroportos que servem destinos de lazer como Portugal, Espanha, Bulgária, Croácia e Chipre.