Tráfego nos aeroportos da ANA subiu 3,9% até Julho

Nos primeiros sete meses do ano, o tráfego de passageiros nos aeroportos geridos pela ANA ? Aeroportos de Portugal subiu 3,9%, situando-se nos 17,9 milhões de passageiros, quando em igual período de 2012 se ficava pelos 17,3 milhões de passageiros. Os números foram avançados esta semana pelo Económico, que destaca também o crescimento registado no mês de Julho, com o tráfego de passageiros a subir 4% face a período homólogo do ano passado, atingindo os 3,6 milhões de passageiros, quando em Julho de 2012 se tinham contabilizado 3,46 milhões. Por companhias aéreas, destaque para a TAP, que continua na liderança, com um peso próximo dos 40%, seguindo-se as low cost Ryanair e easyJet, sendo que, no conjunto, estas três companhias representaram cerca de 60% dos voos nos aeroportos ANA, nos primeiros sete meses do ano. Com os crescimentos acumulados, é possível antever que este ano será positivo para os aeroportos nacionais sob gestão da ANA, esperando-se que, no final do ano, o tráfego processado possa ultrapassar a barreira dos 30 milhões de passageiros, quando em 2012 foi de 28,2 milhões de passageiros. De destacar também é o facto de a procura dos turistas estrangeiros estar a crescer nos aeroportos da ANA, com excepção dos espanhóis, que apresentaram mesmo uma quebra de 12,9% nos primeiros sete meses do ano, para apenas 287 mil passageiros. Já os restantes mercados externos apresentam bons resultados, incluindo o nacional, com os passageiros portugueses subirem para 576 mil, o que se traduz nu, acréscimo de 0,9%. Mas o principal destaque vai para os britânicos, que representam a maioria dos passageiros nos aeroportos ANA, num total de 666 mil, o que se traduz numa subida de 4,6%, seguindo-se os franceses, que subiram 9,9%, para 405 mil passageiros. De referir ainda o bom comportamento de mercados como o alemão e o holandês, com o mercado alemão a subir 8,6%, para 338 mil turistas, enquanto o holandês subiu 9,9%, para 183 mil passageiros, seguindo-se ainda o mercado suíço, com 172 mil passageiros (+11,6%), o brasileiro, com 159 mil (+1,9%), o italiano, com 126 mil turistas (+1,5%), e o irlandês, que passou para 109 mil passageiros (+14,1%). I.M.