Turismo do Alentejo entregou prémios

A Turismo do Alentejo, ERT, entregou no passado sábado, no Fluviário de Mora, os prémios Turismo do Alentejo 2012. No total foram apresentados a concurso 57 projectos, respeitantes a 7 categorias. Na categoria “Melhor Projecto Público” foi premiada a valorização das Ruínas Romanas de Tróia, cabendo ao Centro de Interpretação da Batalha dos Atoleiros uma Menção Horosa. O Festival Músicas do Mundo venceu a categoria de “Melhor Evento” em que foram atribuídas Menções Honrosas às Festas do Povo de Campo Maior, Festa do Castanheiro e Feira da Castanha e Festival do Crato – Feira de Artesanato e Gastronomia. Em “Melhor Gastronomia”, o premiado foi D. Joaquim, com a Menção Honrosa a caber à Cadeia Quinhentista, enquanto na categoria “Melhor Animação Turística” o prémio foi entregue ao Monte Selvagem e as Menções Honrosas à Carvalhal Surf School e Um dia no Campo. A Herdade do esporão venceu o prémio “Melhor Enoturismo” e a Imani Country House o de “Melhor Turismo Rural, cabendo neste caso a Menção Honrosa ao Monte do Giestal. Já o prémio “Melhor Empreendimento Turístico” coube ao L’AND Vineyards. Quanto aos prémios extra concurso, o Prémio Agência Regional de Promoção Turística do Alentejo foi para Noel Josephides, CO da Sunvil Discovery, e Paulo Machado representante do Turismo de Portugal no Brasil. O Prémio Comunicação Alentejo foi entregue à Revista Condé Nast Traveler Espanha e ao suplemento Fugas – Jornal Público. Por fim, o Prémio Especial Turismo do Alentejo foi entregue à Candidatura das Fortificações de Elvas a Património da Humanidade. M.F.