Turismo do Algarve tem 7 M€ este ano para promoção

Com um orçamento de aproximadamente 7 milhões de euros, o plano de promoção da ATA – Associação Turismo do Algarve para este ano privilegia a realização de acções com agentes do sector e de parcerias com companhias aéreas que permitam não só a captação de novas rotas e de novas operações, nomeadamente para o período do Inverno, bem como uma maior frequência das operações existentes.

Ao comentar o plano estratégico definido para este ano, a directora executiva da ATA, Dora Coelho acredita que “irá permitir dar continuidade ao caminho de sucesso que o Algarve tem vindo a trilhar e fortalecer, de forma consistente e sustentável”, para garantir que o novo posicionamento que se pretende para a região é oferecer “um destino com uma oferta rica e diversificada, capaz de ir ao encontro das motivações e interesses de diferentes perfis de turista, e com um carácter apelativo ao longo de todo o ano”.

O aumento da notoriedade do destino e da marca Algarve em mercados definidos como estratégicos para a região, o reforço das relações de proximidade entre o destino e os media internacionais, através da organização de visitas à região, e a participação em algumas das mais relevantes feiras e workshops do sector são outros dos instrumentos promocionais tidos como prioritários para alcançar os objectivos estabelecidos.

Com vista a fortalecer a imagem do Algarve como um destino turístico apelativo ao longo de todo o ano, um dos principais objectivos definidos pela ATA, passa, nomeadamente, pela aposta na promoção de um conjunto de produtos complementares ao já reconhecido produto “Sol & Mar”, apresentando uma oferta rica e diversificada.

Neste âmbito, o golfe e a apresentação do Algarve como um destino de excelência para a prática desta modalidade direccionada para todo o tipo de pessoas (“golf4all”), a gastronomia baseada em sabores autênticos e originais, o turismo de Natureza, com especial enfoque em actividades como o walking e o cycling, a meeting industry ou o desporto, tendo em conta a qualidade e a diversidade das infra-estruturas existentes na região para a realização de todo o tipo de eventos, associadas a um clima ameno ao longo de todo o ano, são alguns dos produtos que surgem em destaque na estratégia desenhada para combater a sazonalidade do turismo do Algarve e, consequentemente, contribuir para o aumento do número de hóspedes, de dormidas e de receitas.

No que ao sector privado diz respeito, a ATA tem previsto para este ano o estabelecimento de parcerias com 45 empresas da região, às quais dará apoio no desenvolvimento e execução dos seus planos de comercialização e vendas.