Turismo do Algarve debateu modelo de financiamento das ERT’s com SET

O presidente do Turismo do Algarve, Desidério Silva, e o secretário de Estado do Turismo, Adolfo Mesquita Nunes,estiveram quarta-feira, 13 de Março, reunidos para debater o modelo de financiamento das Entidades Regionais de Turismo (ERT’s), para as quais o responsável algarvio defende uma maior autonomia financeira. “Num momento em que o sector do turismo está a ser objecto de uma reorganização profunda, parece-nos crucial falar do nosso actual modelo de financiamento. O que pretendemos é que as regiões tenham a capacidade financeira para assegurarem a sua função de promoção turística”, sublinhou Desidério Silva, após o encontro à porta fechada com o secretário de Estado do Turismo. Para Desidério Silva, as Entidades Regionais de Turismo deverão ter autonomia financeira para promoverem, no futuro, as regiões por si abrangidas, uma opinião que o responsável transmitiu ao secretário de Estado do Turismo. Além do modelo de financiamento das ERT’s, em cima da mesa estiveram também temas que têm estado na ordem do dia para a região algarvia, como a criação de incentivos para dinamizar o sector que evitem o cancelamento das operações turísticas durante o Inverno e a aposta em novas rotas aéreas directas para Faro. Para Desidério Silva, o Algarve tem de atenuar a sazonalidade da procura turística “e isso consegue-se com uma estratégia global, que privilegie outros segmentos de oferta, uma maior autonomia regional, mais ligações aéreas ao destino e a descida na taxa do IVA sobre a restauração e os campos de golfe, por exemplo”, referiu o presidente, defendendo que esta é a altura certa para mudar. I.M.