Turismo do Algarve faz balanço ?muito positivo? da visita do SET

O presidente do Turismo do Algarve fez um balanço ?muito positivo? da visita oficial que o secretário de Estado do Turismo fez à região durante três dias. Durante a visita, Adolfo Mesquita Nunes foi convidado a conhecer de perto alguns dos produtos complementares ao tradicional sol e praia, e que a par do golfe permitem esbater a sazonalidade que afecta o turismo algarvio, como é o caso do turismo náutico. O secretário de Estado fez o baptismo de mergulho na Ponta João d?Arens, em frente a Alvor (Portimão), pretendendo com esta acção dar visibilidade ao turismo de mergulho e ao projecto «Ocean Revival», parque subaquático resultante do afundamento de antigos navios de guerra da Marinha Portuguesa. De acordo com o Turismo do Algarve, o objectivo é passar de 10 mil para 90 a 100 mil mergulhos e 70 milhões de euros de receitas por ano, promovendo este produto nos mercados inglês, irlandês, alemão e escandinavo. ?O turismo náutico e o turismo ligado ao mar são áreas em que o Governo está claramente a apostar?, explicou o secretário de Estado do Turismo, que defendeu igualmente menos taxas e menos burocracia no acesso à actividade turística. Para o presidente do turismo algarvio este ?é o momento ideal para dar a volta, agarrando o sol e praia como âncora e apostando em produtos complementares para gerir a sazonalidade na região?, exemplificando não apenas com o turismo náutico mas também com o turismo de natureza, o turismo desportivo, o turismo residencial, a gastronomia e o turismo de saúde e bem-estar. Além do contacto com estas realidades, o roteiro de Mesquita Nunes incluiu ainda a divulgação da medida ?Formação-Algarve?, instrumento de apoio público de combate ao desemprego sazonal na região, a visita à Universidade do Algarve e a participação num debate dedicado ao mar e ao turismo. M.F.