Turismo do Algarve leva a cabo reforma administrativa

O Turismo do Algarve está a proceder a uma reforma administrativa que prevê a implementação do Sistema de Gestão da Qualidade (SGQ) nos serviços da sede do Turismo do Algarve, a certificação dos postos de turismo com a norma ISO 9001:2008 e a modernização do sistema informático. O prazo de conclusão deste projecto aponta para 2015, contando com uma dotação de 290 mil euros. Denominado ?Reengenharia de Processos e Eficiência Tecnológica do Turismo do Algarve?, o projecto pretende desburocratizar o Turismo do Algarve, ao mesmo tempo que se pretende qualificar o serviço prestado e aumentar a satisfação dos visitantes que procuram a entidade e os 21 postos de informação turística que ela tutela. ?Este é um exemplo da administração do futuro já que fomenta a simplificação dos métodos de trabalho e potencia a inovação tecnológica?, refere Desidério Silva, presidente do Turismo do Algarve. Em causa está o alargamento da implementação do SGQ aos serviços da sede da entidade, tal como aconteceu com os postos de turismo, que estão agora aptas a receber a certificação ISO 9001:2008 pelas suas boas práticas, pretendendo-se também virtualizar o sistema informático, através da aquisição de hardware e software e do desenvolvimento de novas funcionalidades numa aplicação de gestão documental que os trabalhadores utilizam no seu dia-a-dia. ?Para concretizar esta revolução administrativa, o Turismo do Algarve vai ter disponível uma dotação de quase 290 mil euros, comparticipados em 65 por cento pelo FEDER, no âmbito do PO Algarve 21, ao abrigo do QREN?, refere ainda o Turismo do Algarve. I.M.

(Visited 2 times, 1 visits today)