Turismo do Algarve quer interesses da região assegurados com privatização da ANA

O Turismo do Algarve pede uma “especial atenção”para o Aeroporto de Faro depois de concluído o processo de privatização da ANA – Aeroportos de Portugal, considerando que os interesses da região devem ser assegurados, até porque se esperam alterações nas taxas aeroportuárias. “O Aeroporto Internacional de Faro é uma das estrelas da rede aeroportuária nacional. Como tal, esperamos que os interesses específicos da região continuem a ser salvaguardados de futuro, sobretudo porque as taxas aeroportuárias cobradas nos aeroportos vão sofrer alterações já este ano”, afirma Desidério Silva, presidente do Turismo do Algarve, citado em comunicado. O Aeroporto de Faro é prioritário para o turismo algarvio e, nos últimos 12 meses, registou uma evolução positiva, esperando-se que ao longo deste ano volte a apresentar crescimentos, apesar da crise europeia. Para este ano, a expectativa é que a “o tráfego de passageiros continue a crescer em Faro, mesmo que o mercado aeroportuário seja agora controlado por um operador privado”, conclui Desidério Silva. I.M.