Turismo do Algarve quer mais ajuda dos políticos para o sector

O presidente do Turismo do Algarve, Desidério Silva, reclamou na semana passada uma maior ajuda dos políticos ao sector turístico, solicitando medidas que ajudem ao desenvolvimento do sector. De acordo com Desidério Silva, essa ajuda poderia materializar-se através da criação de ?medidas facilitadoras na criação de emprego, agilizando algumas formas de formação, e, no âmbito da fiscalidade, isentando ou facilitando quem cria emprego e quem cria novas oportunidades de negócio?, disse o responsável à TSF. Para Desidério Silva, o turismo esteve em destaque durante a campanha autárquica devido aos resultados positivos que tem vindo a apresentar, mas lembrou que o sector precisa de um maior apoio, solicitando por isso a ajuda da classe política. O presidente do Turismo do Algarve aproveitou ainda para reforçar o bom momento que o turismo atravessa na região, referindo crescimentos tanto ao nível das dormidas como das taxas de ocupação das unidades hoteleiras, sem esquecer os proveitos totais, que subiram 7% nos primeiros sete meses do ano. ?Até ao final de Junho, já tínhamos mais cerca de 330 mil dormidas do que no mesmo período do ano passado e temos agências que trabalham connosco com números muito significativos e há uma noção prática que são as taxas de ocupação de Setembro e Outubro já com diferenciais importantes em relação ao mesmo período do ano passado?, acrescentou Desidério Silva. I.M.