Turismo impulsiona criação de empresas na Madeira

Desde o início do ano foram criadas 16 novas empresas de exploração de unidades de alojamento na Madeira, seis das quais foram constituídas com capitais estrangeiros, de acordo com dados do registo comercial da região.

A mesma fonte, citada pela imprensa regional, indica que até final de Março nasceram cinco empresas cujo objecto social é a exploração de hotéis, sendo duas de investidores madeirenses (um deles é o Grupo Sousa), uma de ucranianos (novo Santa Cruz Boutique Hotel), uma de russos e uma de venezuelanos. Surgiram também no mercado oito empresas para exploração de alojamentos mobilados para turistas (sendo uma dos polacos do MK Group, uma de venezuelanos e as restantes de madeirenses) e três empresas de unidades de turismo no espaço rural (uma delas, na freguesia dos Prazeres, pertencente a investidores sul-africanos).

Para além das 16 empresas de exploração de alojamentos, o documento destaca ainda a criação de 32 novas empresas ligadas á área de similares da hotelaria, designadamente restaurantes, bares e cafés, bem como três novas agências de viagens e quatros empresas ligadas a actividades de animação turística.