Turismo interno espanhol dá sinais de recuperação

Depois de dois anos consecutivos de quebras, o mercado interno espanhol começa a dar os primeiros sinais de recuperação, embora ainda de forma tímida, de acordo com os dados tornados públicos pelo Instituto Nacional de Estatística de Espanha. Segundo o INE de Espanha, no passado mês de Maio, os turistas espanhóis realizaram um pouco mais de oito milhões de dormidas nos estabelecimentos hoteleiros de Espanha, número que reflectiu um aumento homólogo de 4,3%. Por se tratar do primeiro aumento que acontece nos últimos dois anos fora do período da Semana Santa, o sector turístico espanhol fala já de uma tímida recuperação do turismo interno e começa a antecipar uma boa temporada alta nos vários destinos turísticos do país. Ainda de acordo com os mesmos dados, as dormidas em Espanha, durante o mês de Maio e somando turismo interno e internacional, ascenderam a cerca de 26,3 milhões, o valor mais elevado dos últimos 14 anos, para o qual contribuiu a recuperação de mercados como o Reino Unido, Alemanha e França, bem como o crescimento de mercados como o russo e o nórdico. M.F.