Turismo de jardins em colóquio internacional nos Açores

A ilha de São Miguel, (Açores) vai ser palco, de 24 a 26 de Fevereiro, de um debate sobre turismo de jardins, num colóquio que irá contar com a presença de especialistas nacionais e internacionais. Na ocasião, será assinado um protocolo para os Açores passarem a integrar uma base de dados europeia.

“O debate tem o propósito de termos um conhecimento mais rigoroso do que é que envolve o turismo de jardins ao nível da conservação, da reabilitação, da aposta e investimento, do cuidado que é necessário ter nestes espaços”, afirmou a investigadora Isabel Albergaria, em declarações à agência Lusa, acrescentando que o evento quer também potenciar este segmento de turismo.

Com o tema as perspectivas de futuro para o turismo de jardins no país e no mundo, este colóquio internacional surge no âmbito do projecto de investigação “Green Gardens Azores”, que integra uma equipa pluridisciplinar e cuja entidade promotora é o Observatório de Turismo dos Açores (OTA), em colaboração com a universidade local. A iniciativa inclui palestras e visitas a jardins, coincidindo com uma exposição anual de camélias nas Furnas.

Está também prevista a assinatura de um protocolo com o Instituto Europeu de Jardins e Paisagens para os Açores integrarem esta base de dados sobre jardins e a sua história.

O projecto “Green Gardens Azores”, que Isabel Albergaria lidera, encontra-se numa fase inicial, mas vai levar à criação de uma aplicação móvel para visitas aos jardins dos Açores e de uma página na Internet com o objectivo de potenciar o segmento de turismo de jardins na região.