Turismo de Portugal apoia 100 empreendedores em 2018

O Turismo de Portugal apoia 100 empreendedores nas edições do programa de aceleração Tourism Creative Factory de 2018. Programa que arrancou no início do ano com roadshows e bootcamps de empreendedorismo.

Alargado a todo o território nacional, com excepção das Regiões Autónomas, e às 12 escolas do Turismo de Portugal, o Tourism Creative Factory de 2018 está subordinado ao tema “Push4Tourims”, permitindo a aceleração de 50 micro negócios em cada uma das edições. No total das duas edições, espera-se a abertura de 40 novas empresas, distribuídas pelas diversas regiões do país.

Gastronomia e restauração, alojamento local e rural, enoturismo, saúde e bem-estar, turismo incluso e turismo religioso são alguns tipos de projecto esperados pelo programa, que disponibiliza um bootamp intensivo, uma rede de mentores, um plano de formação e tourism labs, num programa com quatro meses de duração. A edição “Push4Tourism” decorre no Algarve, Grande Lisboa, Centro e Grande Porto, envolvendo parceiros institucionais.

Luís Araújo, presidente do Turismo de Portugal, afirma que “queremos mais e melhores turistas”, e que por isso “temos de ter uma oferta de experiências, de norte a sul do país, que permita satisfazer os diferentes gostos e costumes”, com este programa a “complementar a oferta de programas de aceleração na área do turismo – com foco principal nas ideias de base tecnológica – dando espaço aos micro negócios de base local”.

O Tourism Creative Factory integra o projecto formativo do Turismo de Portugal – Tourism Training Talent, recentemente reconhecido pela Organização Mundial do Turismo, como um exemplo de capacitação das futuras gerações de recursos humanos do sector. “Torna-se imperioso disponibilizar, não só aos alunos, mas também à restante comunidade, o conhecimento acumulado por uma rede de profissionais que trabalha há dezenas de anos no sector”, conclui o presidente do Turismo de Portugal.