Reguengos de Monsaraz: Turismo cresceu 12,4%

Os museus, igrejas, exposições e postos de turismo do concelho de Reguengos de Monsaraz acolheram o ano passado cerca de 174 mil visitas, mais 12,4% face a 2016, destacando-se como o melhor ano desde que há registos.

Estima-se que essas visitas terão correspondido a 92 mil turistas e visitantes e que 52% do total foram portugueses.

Na vila medieval de Monsaraz, foram contabilizados os números de registos de entradas no Museu do Fresco, Casa da Inquisição – Centro Interactivo da História Judaica de Monsaraz, Igreja de Santiago, Igreja de Nossa Senhora da Lagoa, Torre de Menagem, Igreja da Misericórdia, Posto de Turismo de Monsaraz, Casa do Barro – Centro Interpretativo da Olaria de S. Pedro do Corval, Museu José Mestre Batista e Posto de Turismo de Reguengos de Monsaraz.

Os postos de turismo de Monsaraz e de Reguengos de Monsaraz receberam mais de 25 mil turistas, dos quais 64,5% foram estrangeiros: No que diz respeito à proveniência dos visitantes, o mercado nacional contabilizou 35,4%, o espanhol 22,3%, e o francês 13,4%.