Turismo sofre com o mau tempo

O Verão tem andado arredado da Europa e a actividade turística ressente-se. Em França, as autoridades já reconheceram que o mau tempo trazidos pelos meses de Julho e Agosto, está a afastar os turistas do país, especialmente do Norte de França e de Paris. A União dos Profissionais e das Indústrias de Hotéis de França, já reconheceu que 2014 ficará muito longe de ser um dos melhores anos turísticos, com a hotelaria a sofrer com o mau tempo, principalmente no mês de Julho, que esta entidade associativa já disse ter sido um mês particularmente dificil. Na mesma linha, também a consultora MKG veio já reconhecer que o desempenho dos destinos que os turistas mais costumam procurar em Julho, em particular destinos localizados na costa do Mediterrâneo, “diminuiu fortemente”, com uma baixa entre 5% a 10% na procura. Uma tendência que, de acordo com a consultora, poderá inverter-se em Agosto, assim o sol ajude. Voltando a França, imperam este Verão as reservas de última hora, com os turistas a esperarem que os meteorologistas indiquem melhorias de tempo. Norte de França, Paris, regiões montanhosas como Rhône Alpes, são as que mais têm sofrido, com esta última a acusar uma quebra de 53% na procura turística. Segundo a imprensa internacional, o que sai a ganhar são os museus e atracções turísticas fechadas, que estão a receber muito mais visitantes que o habitual: em Estrasburgo e Toulouse as entradas em museus estão a aumentar, respectivamente, 26% e 40% face ao Verão passado. M.F.