Turistas ingleses mantêm liderança em Cabo Verde

O Reino Unido mantém-se como o principal país de proveniência de turistas em Cabo Verde e são os que permaneceram mais tempo no destino, com uma estadia média de 9,5 noites, aponta o INE cabo-verdiano, que avança com dados do terceiro trimestre deste ano.

Nos primeiros 9 meses do ano os estabelecimentos hoteleiros de Cabo Verde registaram mais de 512 mil hóspedes e cerca de 3,3 milhões de dormidas, movimentos que se traduzem em acréscimos de 11,0% e 12,1%, respectivamente, em relação ao mesmo período do ano anterior.

Contabilizando apenas o trimestre, a análise indica que a hotelaria cabo-verdiana alojou mais de 163 mil hóspedes que originaram mais de 1,1 milhões de dormidas, correspondendo a acréscimos de 18,1% e 17,1%, respectivamente, face ao trimestre homólogo.

No que diz respeito a entrada de turistas, a ilha do Sal mantém o maior acolhimento, com 48,8% do total das entradas, seguida da ilha do Boa Vista, com 31,0% e Santiago com 10,4%. Em termos de dormidas foi também a ilha do Sal que está no primeiro lugar do ranking, tendo acumulado 52,2%, enquanto a Boa Vista registou 39,5%, e Santiago 3,4% das dormidas totais.