Turistas portugueses para São Petersburgo com aumento superior a 50%

Aumentar o número de turistas portugueses na Rússia e, em particular, na cidade de São Petersburgo é o objectivo das autoridades turísticas. Para já, Portugal não está entre os mercados líderes mas está a registar um aumento expressivo, tanto assim que está em estudo a possibilidade de uma ligação aérea directa entre as duas cidades.

 

As autoridades turísticas de São Petersburgo “estão a fazer tudo para aumentar o número de turistas portugueses”, disse ao Turisver.com Julia Zaykova, do Comité para o Desenvolvimento Turístico de São Petersburgo, adiantando que até Setembro estes números registaram um aumento superior a 50%.

Julia Zaykova falava ao Turisver.com esta quarta-feira, em Lisboa, à margem do roadshow “Bem-vindos a São Petersburgo”, organizado por este Comité em parceria com a PBS Travel, parceira do Visit Russia em Portugal. Uma iniciativa que acaba por ser “histórica” já que foi a primeira acção de promoção turística desta cidade da Federação Russa no nosso país.

Segundo a responsável, os números do mercado português “ainda não são muito elevados” mas “estão a crescer” a bom ritmo. A propósito, Julia Zaykova adiantou que “nos primeiros nove meses do ano foram recebidos 8.300 turistas portugueses em São Petersburgo, número que se compara com os 5.400 registados no mesmo período do ano passado”. Contas feita “o mercado português está com um crescimento de 52%”, afirmou.

Porque o que se pretende é fazer aumentar o número de turistas portugueses, impunha-se promover São Petersburgo em Portugal, concretamente em Lisboa que a responsável considerou ser “actualmente um ponto estratégico”. Tanto assim que “está em estudo” a possibilidade de uma ligação aérea directa entre as duas cidades, algo que não existe no momento, mas em que estão interessadas várias companhias aéreas, caso da S7 que esteve na apresentação e que tem um code-share com a TAP para Moscovo.

A acção de promoção do Comité de Desenvolvimento Turístico de São Petersburgo, que culminou com um workshop, trouxe à capital portuguesa responsáveis de turismo daquela cidade da Federação Russa bem como representantes de alguns dos principais atractivos turísticos da cidade, como o Museu Hermitage e o Museu Yusupov. Presentes estiveram também representantes de hotéis como o Azimut São Petersburgo, Radisson Sonya Hotel e Ambassador Hotel, responsáveis do Aeroporto de Pulkovo, em São Petersburgo, da companhia aérea S7 e de vários operadores de incoming, nomeadamente Spb Guru), Nevskie Sezony, Ladya, Premiera, Tari-tour e STS-PBS TRAVEL, esta última com representação em Portugal.

Em grande destaque na apresentação esteve a entrada em vigor este mês do visto electrónico para cidadãos portugueses que visitem São Petersburgo, situação que foi explicada por Gleb Belov, adido da Secção Consular da Embaixada da Federação da Rússia.