União Algarve Futuro quer ajudar a resolver os problemas da região

União pelo Futuro do Algarve é o nome de uma nova entidade associativa que nasce no Algarve para analisar, debater e apresentar propostas que permitam à região ultrapassar os seus principais desafios. A nova entidade vai apresentar-se publicamente amanhã pelas 1Restauraçãoh30, no Hotel Eva, em Faro.
Assumindo-se como parceiro regional, a União pelo Futuro do Algarve, designada de forma abreviada por União Algfuturo, vai na sua apresentação pública, divulgar o “Estudo de tendências estruturais da economia e sociedade: bloqueios e propostas”, no qual são revelados “dados, projecções e conclusões, em vários casos vindos a público pela primeira vez”, segundo se lê na nota informativa enviada à nossa redacção.
Sem fins lucrativos, a União Algfuturo já tem centena e meia de aderentes e arranca com uma Comissão Instaladora de 32 membros (cujos nomes serão divulgados quarta-feira), em que dois terços são, ou foram, dirigentes associativos.
“A criação institucional da Região do Algarve na orgânica político-administrativa é a base nuclear da “Reforma do Estado”, assumindo a União Algfuturo expressamente o compromisso por uma persistente cruzada democrática pela sua conquista”, lê-se no mesmo documento, em que se considera estratégica a intensificação das relações com Andaluzia.
M.F.