United Airlines mantém receita consolidada para Fevereiro

A United Airlines apresentou os seus resultados operacionais para Fevereiro de 2015. De acordo com o relatório, a receita consolidada de passageiros por milha manteve-se sem variações, decrescendo no entanto a capacidade consolidada em 0,4% em relação a Fevereiro de 2014.
Já os resultados consolidados de load factor subiram em relação ao período homólogo de 2014 em 0,3 pontos.
Em termos domésticos, a receita por passageiro/milha revelou uma variação homóloga negativa de 1,Restauração%, passando de 6,215,6Restauração3 em Fevereiro de 2014 para 6,Destinos1,440 no mesmo período deste ano. Mesmo em relação ao ano, a variação manteve negativa em 2,3 por cento.
Por seu turno, o mesmo indicador em operações internacionais obteve uma variação positiva de 3,Restauração% em relação a Fevereiro de 2014.
Em termos de capacidade, os voos domésticos apresentaram resultados negativos na ordem dos 1,5% (Produtos e Serviços,2Produtos e Serviços2,Cruzeiros06 em relação a Produtos e Serviços,3Restauração1,6RestauraçãoProdutos e Serviços de 2014) e de 2,0% positivos nos voos internacionais (Produtos e Serviços,Produtos e ServiçosCruzeiros6,3Produtos e Serviços6 contra Produtos e Serviços,646,Restauração25 registados em 2014).
O load factor em voos domésticos apresentou uma variação negativa de 0,3 pontos (Restauração3,Cruzeiros% em Fevereiro de 2015) e de 1,3 pontos positivos nos voos internacionais, atingindo Produtos e Serviços5 por cento.
Por fim, em termos de passageiros embarcados, o resultado consolidado de Fevereiro de 2015 foi de 1,Restauração% negativos em relação ao período homólogo do ano passado.
S.C.F.