Universidade de Coimbra mais visitada

Seis meses depois de ter sido classificada como Património Mundial, a Universidade de Coimbra tem visto aumentar o número de visitantes. Para tirar maior proveito turístico, a Universidade de Coimbra irá fazer parte da rota do património mundial da Região Centro. Embora não existam números efectivos até ao momento, pensa-se que a Universidade de Coimbra tenha visto aumentar em 30% o número de visitas durante os seis meses que passaram sobre a sua classificação como Património Mundial. Pedro Machado, presidente da Turismo do Centro comentou a propósito à Agência Lusa, que “há sinais muito evidentes” de maior valorização? da Universidade de Coimbra enquanto monumento, notando-se também ?uma maior mobilização dos agentes locais? o que se reflecte nos ?hotéis, nos serviços, nos restaurantes e no comércio?. Para que o impacto sobre o turismo possa ser mais destacado, estão a ser programados novos pacotes turísticos para a cidade, ao mesmo tempo que a Universidade de Coimbra irá fazer parte de uma “rede de património mundial” da Região Centro, um projecto que incluirá outros monumentos eleitos Património Mundial, como os Mosteiros da Batalha e de Alcobaça. “Coimbra beneficiará, seguramente, e as outras cidades também vão beneficiar com o facto de Coimbra estar a lançar-se nesse projecto”, sublinhou Pedro Machado. M.F.